ALIMENTOS QUE AUMENTAM O VOLUME DA BARRIGA

A origem de uma barriga saliente tem diversas causas, como herança genética, alteração hormonal, retenção de líquido, excesso de peso e até má postura. “Uma conjunção inadequada de alimentos também pode levar à distensão abdominal. Fuja dos que podem formar gases, como feijão, frituras, pães, enlatados, comida gordurosa e com excesso de sal”, ensina Paula Cabral.
                                              Conheça os alimentos proibidos...

Pão branco e massas
Feitos com a farinha refinada, fornecem um carboidrato que leva à fermentação e produção de gases, provocando a distensão abdominal. Procure consumir pães e massas integrais, ricos em fibras.
Açúcar
A sacarose propicia o desequilíbrio da flora intestinal, fazendo que as bactérias benéficas diminuam e as prejudiciais proliferem, podendo levar à distensão. O excesso de açúcar tam
bém se transforma em energia de reserva e aumenta a quantidade de gordura abdominal. Controle o uso indiscriminado dele e, aos poucos, descubra como os alimentos têm um sabor natural agradável ou faça uso de adoçante à base de aspartame.

Bebida alcoólica
Aumenta a permeabilidade da mucosa do intestino, provocando o desequilíbrio da flora intestinal, o que pode levar ao aumento do volume abdominal.

Refrigerante
A quantidade de gás e açúcar ajuda a estufar a barriga. Prefira sucos de frutas naturais.
Feijão
Alguns carboidratos presentes no grão escapam da digestão e são metabolizados pelas bactérias presentes na parte baixa do trato digestório, podendo causar gases e flatulência. Mas eliminar totalmente o alimento da dieta não é uma boa opção, devido ao seu grande valor nutricional. Portanto, consuma moderadamente.
Repolho e Couve-flor
Esses vegetais são da família das brássicas, na qual estão presentes compostos sulfurados capazes de aumentar a produção de gases.
Laticínios
Para quem tem intolerância à lactose, o consumo pode gerar flatulência e diarreia. Escolha leite de cereais à base de quinoa e arroz; leite de sementes como gergelim e girassol; e de oleaginosas à base de amêndoas, castanha-do-pará e extrato de soja.
Produtos industrializados
Biscoito, refrigerante, macarrão pronto e embutidos contêm substâncias químicas capazes de sobrecarregar o fígado e a vesícula. Isso aumenta as chances de armazenar gordura, principalmente no abdome, pois nesta região temos mais receptores de insulina (que dão o comando para este armazenamento indesejado). Opte por frutas e alimentos naturais, integrais, sem corantes ou conservantes.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...