Você espia o seu ex-namorado no Facebook?

Pesquisa mostra que 88% dos usuários desta rede social sempre dão aquela olhadinha no perfil de seus ex-companheiros


É irresistível, quase inevitável, o ato de espiar a vida alheia nas redes sociais. Está tudo ali, sendo atualizado a cada minuto ao alcance de um clique. Quando se trata de um (ou uma) antigo namorado então, a coisa se torna ainda mais tentadora, mesmo que você já tenha esquecido a pessoa. É ou não é verdade?

A ação, que também pode atender pela atual expressão de “stalkear” (vigiar as fotos, recados e posts de outras pessoas constantemente) quando se torna mais intensa, acomete quase 90% das pessoas depois do término de um relacionamento. Essa é a porcentagem de usuários do Facebook que admitiu que não resistiu ao ato de ver as informações compartilhadas na rede social dos seus exs após o rompimento do namoro.

A pesquisa, apoiada pela Western University e divulgada no site Digital Trends, foi feita por Veronika Lukacs, uma estudante que está concluindo a sua tese de doutorado com o estudo “Simplesmente Complicado: rompimentos românticos e suas consequências no Facebook”. Lukacs acreditava na hipótese de que a rede social aumentava a angústia pós-término e concluiu que a sua teoria estava correta.

Segundo o Digital Journal, a pesquisadora comentou: “Eu queria avaliar como o stress pós-rompimento de namoro estava relacionado ao Facebook e descobri que, quanto mais fiscalização a pessoa fez, mais angustiada ela ficava”.

O estudo foi feito com um grupo de amostragem com pessoas que tinham terminado um relacionamento nos últimos 12 meses. Os participantes preencheram um questionário e compartilharam as suas experiências de término, participando ainda de uma entrevista conduzida por Lukacs.

O resultado mostrou que 88% dos entrevistados espiaram a página do Facebook do seu ex e quase 75% dos participantes também admitiram que visitaram o perfil do novo (ou provável) affair do seu antigo amor.

Então, o que fazer, excluir ou não o ex de sua lista de amigos? De acordo com a pesquisadora, a exclusão de um ex como um amigo é útil, mas não completamente, porque os "espiões" continuam a procurar informações sobre os antigos parceiros por outros meios na rede social. Como prova disso, o estudo ainda mostrou que 70% das pessoas usam o perfil de um amigo em comum para “stalkear” o ex.

A pesquisa revelou também que 48% das pessoas não deletam o ex de sua lista de amigos e 31% delas postam fotos suas como uma tentativa de fazer ciúmes ao ex-namorado. Você se identificou com algumas dessas estatísticas ou acha que depois do ponto final no relacionamento é melhor nunca mais acessar nada do antigo amor?

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...